Posts

#somostodosviciados

Nego é viciado em pornografia. Viciado em internet. Em comida. Nego é viciado em doce. Viciado em sexo. Em falar mal do próximo. Nego é viciado no trabalho. Viciado em si mesmo. Em religião (!). Nego é viciado em dormir. Viciado em subir na carreira. Em refrigerante. Nego é viciado em série. Viciado em celular. Em dinheiro.

Nego só não é viciado em Deus.

Aí, como nego não é viciado em Deus, nego olha o vício do outro, vício visível, vício conhecido, e desce o pau! Nego acusa nego que viciado em droga, viciado em bebida. Nego fala mesmo. Nego, quando não quer falar mal diretamente, aproveita para fazer reflexões do tipo: “que Deus tenha misericórdia”; “mas o ser humano está perdido mesmo”; “isso é coisa de mundo caído”; “essa coisa de droga é fogo”; “que nego dê a volta por cima”. Nego aproveita a situação do outro pra ganhar likes e cliques. Nego é esperto. Nego fuzila sem dó. Nego passa a mão na cabeça, como se tivesse o direito de o fazer.

Nego só esquece que toda a lista feita lá em cima é tão entorpecente quanto o objeto de acusação/reflexão. Nego acha que tem de reprovar e exortar. Nego é ligeiro. Nego não olha pra si, nego não assume seus erros, nego acha que não tem vício. Triste ilusão. Nego não tira a trave do próprio olho, mas enxerga um cisco a quilômetros de distância. Nego é aproveitador. Nego é maldoso. Nego é ruim mesmo, e esqueceu de olhar para o único que nos faz iguais e justos.

No português claro, com a boca cheia (me desculpe se isso te ofender), mas tenho que falar:

Nego é f.. Deixa pra lá, afinal esse nego também sou eu!